Tríduo – Santo Antônio Maria Claret – 2º Dia

Hoje convidamos você para fazer o segundo dia do Tríduo em Memória a Santo Antônio Claret

 

 

 

Segundo dia:

CONFIGURAÇÃO COM CRISTO

Introdução:
A espiritualidade de S. Antônio Maria Claret é cristocêntrica. O elemento primordial na vocação de nosso Santo Fundador é a consagração plena a Jesus Cristo para segui-lo e imitá-lo, de perto, em sua vida evangélica ao estilo dos Apóstolos, trabalhando e sofrendo para levar os homens para a glorificação do Pai. Este impulso por seguir mais de perto a Cristo o leva não só a imitar a sua conduta mas também a assimilar seu espírito tanto na intimidade filial como no redobrar suas energias para o zelo da glória do Pai. (PE 13).

Oração Inicial:
Vós, Senhor, tendes palavras de vida eterna. Sabemos e cremos que sois o Santo de Deus. Aumentai nossa pouca fé para que sempre vos sigamos, Vós que viveis e reinais com o Pai, na unidade do Espírito Santo. Amém.

  • Jesus Cristo é para o Padre Fundador o Senhor, o Filho enviado pelo Pai, feito homem de Maria Virgem, ungido pelo Espírito Santo. A Igreja experimenta e recomenda o amor maternal a Maria para chegarmos a nos unir mais intimamente a Jesus (cf. LG 62). Recorramos, pois, ao seu ofício maternal para que forme em nós a Jesus, como o fez em Santo Antônio Maria Claret.

Leitura Bíblica:
Atos 2, 22-23 e 32-33.

Após a Leitura:
Jesus de Nazaré, homem de quem Deus tem dado testemunho diante de vós com milagres, prodígios… e recebeu do Pai o Espírito Santo prometido.

 

Salmo Responsorial 111 [112], 1-9

Feliz o homem que teme o Senhor,
e põe o seu prazer em observar
os seus mandamentos.
Será poderosa sua descendência na terra,
e bendita a raça dos homens retos.

-Dai graças ao Senhor porque Ele é bom.

Suntuosa riqueza haverá em sua casa,
e para sempre durará sua abundância.
Como luz, se eleva, nas trevas, para os retos,
o homem benfazejo, misericordioso e justo.

-Dai graças ao Senhor porque Ele é bom.

Feliz o homem que se compadece e empresta,
que regula suas ações pela justiça.
Nada jamais o há de abalar:
eterna será a memória do justo.

-Dai graças ao Senhor porque Ele é bom.

Não temerá notícias funestas,
porque seu coração está firme e confiante no Senhor.
Inabalável é seu coração, livre de medo,
até que possa ver confundidos os seus adversários.

-Dai graças ao Senhor porque Ele é bom.

Com largueza distribuiu, deu aos pobres;
sua liberalidade permanecerá para sempre.
Pode levantar a cabeça com altivez.

-Dai graças ao Senhor porque Ele é bom.

 

Leitura Claretiana

  • Santo Antônio Maria Claret encontra na contemplação da vida de Jesus o caminho mais adequado para imitá-lo.

Leitor: O que sempre mais me move é contemplar a Jesus Cristo que vai de um povoado a outro, pregando por todas as partes; não só nos povoados grandes, como também nas aldeias; até a uma só mulher, como fez à Samaritana, mesmo cansado da caminhada, com sede, em uma hora inoportuna, tanto para ele como para a mulher.
Desde o princípio me encantou o estilo de Jesus Cristo em sua pregação. Que comparações! Que parábolas! Eu me propus a imitá-lo com comparações em estilo simples. Que perseguições! Foi visto como sinal de contradição, foi perseguido em sua doutrina, em suas obras e em sua pessoa, até tirar-lhe a vida por meio de denúncias, de tormentos e insultos, sofrendo a mais afrontosa e dolorosa morte que pode sofrer na terra. Procurava imitar a Jesus, que a mim e a todos nos diz: Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração, e achareis descanso para vossas almas. E assim contemplava continuamente a Jesus no presépio, no trabalho, no Calvário. Meditava suas palavras, seus sermões, suas ações, sua maneira de comer, vestir e andar de um a outro povoado. Com este exemplo me animava e sempre me dizia: Como se comportaria Jesus nestes casos? E procurava imitá-lo, e assim o fazia com muito gosto e alegria, pensando imitar a meu Pai, meu Mestre e a meu Senhor e que com isto lhe dava gosto. (Aut 221-222 e 356).

 

Momento de silêncio para interiorização.

 

Preces:

Jesus, Filho enviado do Pai.
-Tende piedade de nós.

Jesus, filho de Maria.
-Tende piedade de nós.

Jesus, ungido pelo Espírito Santo.
-Tende piedade de nós.

 

Oração Final:
Vós, Senhor, nos convidais a participar de vossa vida e da vossa missão, e nos dais em comida vosso corpo: fazei que não queiramos outra coisa a não ser vossa vontade e que, amando-vos como Vós e nos amais e como desejais que vos amemos, só desejamos viver por Vós e para Vós e Vós sejais para nós suficientíssimo. Vós que viveis e reinais com o Pai, na unidade do Espírito Santo. Amém.

 

Santo Antônio Maria Claret, rogai por nós.

Sobre o autor

Paróquia Imaculado Coração de Maria

pcormaria@pcormaria.com Avenida Getúlio Vargas, 1193 - Rebouças - Curitiba/PR (41) 3224.9574 - Secretaria Paroquial

Deixe um Comentário